Férias...Jul-2009

Foto da rua lá de casa

Sem duvida é a melhor época do ano. Sem falar que a do final do ano é ainda melhor e muito mais se você não leva uma surra de seus pais por reprovar ou coisa assim.

É também um período de reflexão. É a época em que você para e pergunta: “Pra onde eu vou?”. Se tiver grana viaja, mas se estiver liso fica em casa mesmo, aluga um filme pornô e se martiriza por que todas as garotas massa do Luciano Feijão foram viajar e você ficou em casa.

Aqui em Sobral se encontra muita coisa massa pra se fazer essa época do ano, por exemplo, começou recentemente a EXPOMorte, onde você pode ver vacas, comer poeira e achar uma bala perdida. Há também a FENAIVA, ferinha que ocorre todo ano, mas que eu nem sei o que diabos essa festa representa, lá você pode ganhar amostras de perfume e chegando em casa misturar com dois litros d’água pra durar o resto do ano ou mesmo a próxima edição do evento.

Foto da Br em um fim de tarde, antes da Tsunami chegar...

Esse ano o festival FÉRIAS NO CEARA trará a cidade alguma banda que não sei qual seja e ainda o aniversario da cidade (dia 5 de julho) irá tocar a ilustre Vanessa Camargo, onde todo mundo aposta em aplausos eletrônicos e muito tomate pra se jogar nela, porque ave Maria, nam...

Pois é, essas férias prometem. Eu irei postar aqui algumas das coisas que fiz essas férias, contarei e tentarei postar fotos também...até mais e bom voayagem(cara, preciso de aulas de francês)...

Sobre a comu...

Ae gente, participem da comunidade “Qualquer coisa”...
Comentem na primeira enquete...De sua opinião sobre a frase:

"É do sangue dos canalhas que nascem as mais belas flores..."

Entrem em: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=91261138&tid=5350800377707854379&start=1

Mas antes participem da comu: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=91261138

Participem...

Qualquer coisa – Crítica um...


Eu estava observando umas coisas interessantes. Estava sem fazer nada outro dia, esperando uma amiga terminar o banho, ae vi na mesinha da sala algumas revistas de meninas (tipo a capricho ou sei lá o que...). Resolvi ler.

Comecei a folhear e folhear. Acho que eu passei uns cinco minutos abismado com tanta inutilidade e cores juntas. Nam, eu estava a beira de ter um ataque epilético ali na hora. Isso sem falar nas inúmeras matérias sobre moda e cabelos esquisitos, tinha até matéria sobre emo.

Vocês já notaram que de cem páginas dessas revistas sessenta são de propaganda? Detalhe que essas revistas normalmente são impressas em papel higiênico e saem a dois reais, mas mesmo assim as editoras vendem por uma fortuna só para o núcleo paty das escolas se acharem ainda mais.

Vi coisas tão estranhas nessas revistas. Tinha gente fazendo Cosplay de RBD e HSM. Cara, coisa mais pecaminosa, nam. Certo que tinham também uns abestados vestidos de Harry Potter e até de Miley Cyrus, certo que ela era brotinho. Não podia faltar o espaço horóscopo (que pode morrer, mas num falta) e a sessão magia e os velhos e quase sempre falhos testesinhos do coração, onde você descobre se tem afinidade com alguém. Onde já se viu uma porcaria dessas, nam...

Agora citando umas coisas que nunca faltam (além do horóscopo, claro). As revistas teen são sempre muito coloridas que é pra inebriar a cabeça perturbada dos jovens (sem falar dos emos) e deixando-os mais doidos ainda e querendo ser a Avril Lavigne. Todo mundo sorri, parecendo até que estão na Malhação, onde todo mundo tem dinheiro, não trabalha e sempre tem alguém tentando atrapalhar o relacionamento de alguém. Tem as cartinhas, e os recadinhos, lembrei em que certa vez eu estava assistindo ao Podsex e uma menina perguntou se é possível perder a virgindade com o dedo. Caraca isso foi foda demais.

Poizé, sem muitas delongas, eu aprendi, lendo essas revistas, que o povo teen de hoje em dia são bem diferente do meu tempo, onde arrumar briga e matar aula era coisa corriqueira. No meu tempo essas revistas já eram populares, mas as meninas preferiam festas e esquemas, contrário das que colam velcru hoje em dia...

Sobre Marimoon...


Muitas vezes me perguntaram o porquê de eu gostar tanto dessa menina esquisita de cabelo colorido. A resposta é simples e ao mesmo tempo complexa, mas e dai? Eu nem ligo pra responder perguntas mesmo.

Lembro do primeiro dia em que sintonizei a Mtv aqui em casa, o primeiro programa que assisti foi o dela. Scrap Mtv, um programinha de poucos minutos com conteúdos que vai desde moda a teatro, passando de música a artes plásticas.
Muitas vezes criticaram esta menina, nas salas da faculdade. Certa vez eu abri o meu caderno, há umas fotos recortadas de revistas coladas na capa com fita adesiva, ae um cara olhou e começou a gritar “O Kim gosta de Paramore!!!” eu fiquei me perguntando, “ah? Paramore?”.
Acho que as pessoas só podem chupar parafuso e cheirar adesivo pra confundir. Certo que a meninazinha do Paramore é linda, mas num tem nada a ver.

Não é só porque ela tem cabelo colorido ou pircing, super insinuante e sexy, na boca. Qual é? O sorriso dela é lindo também.
A Marimoon não é só mais um corpinho lindo na tv, não. Ela tem algo a mais que a levou até ali. Lembro da biografia básica que li em algum lugar. Ela foi uma menina batalhadora, que teve que fazer muita coisa pra ser aceita pelas patis toscas da escola em que ela freqüentava. Ou seja, a infância dela foi bastante parecida com a nossa, certo que não tinha Tio Lulu ou Sant’Ana pra se matar aula pra marcar esquemas, mas foi parecido.

Ahhh... Já esqueci o que eu ia dizer, mas é isso mesmo...a Marimoon é demais e pronto...

Obs.: Autoria da foto Flickr - Flickr.com/taaty-

Sobre o horóscopo...



Um dos meios mais ineficazes de tirar dinheiro de patricinhas e meninos secos de 12 anos que ainda não podem comprar revistas adultas. Em alguns lugares da terra o horóscopo é visto como algo engrandecedor e até ajuda, em certas crenças, a desvendar a personalidade das pessoas. Bem, até ai tudo bem, já que todo mundo pensa o que quiser e respeito às crenças é sempre bom.

Escritores desse tipo de revista, sem discriminar o trabalho de João Bidu, fazem coisas um tanto engraçadas para ganhar a vida, já que fazer previsões no século XXI não é tão complexo assim, principalmente quando se tem internet e telejornais pra se dizer quem vai ganhar o Brasileirão ou mesmo quem matou quem e irá preso por isso... mas isso não vem ao caso. Ou seja, você não precisa mais de uma bola de cristal ou de um mata astral pra fazer isso.

Mas o trabalho desses caras é bem mais complexo que isso. Eles têm que fazer um estudo meticuloso na Universidade de Harvard dos Bruxos (também conhecida como Hogwarts) para só então conseguirem a proeza de dizer a mesma coisa aos signos de touro e libra no mesmo mês, nam...

Será que alguém nunca notou que o que eles escrevem, nas previsões, são coisas que todo mundo quer ouvir? Ou porque será que você nunca encontra os dizeres Você ta grávida!!! ou mesmo Hoje você casa. Porque que eles nunca colocam previsões que a gente sabe que dará certo?

Cansei de encontrar meninas no colégio com essas revistas. Rindo pra todo lado e sem entender nada perguntava o de hoje. Elas sempre vinham com as mesmas coisas: ”Hoje a sorte estará ao seu favor e não esqueça que as amizades ajudam a manter a calma”, nam...nada a ver.

A Astrologia é um ciência tão antiga que os pobre dos Assírios se martirizam a séculos pela existência dessas revistinhas de horóscopo. Cada um com a sua e eu por aqui...

Toques Básico...

Toquem o clarim já que tudo terminou. Já não luto mais e em mim a chama já se apagou. O que eu trago aqui é um coração que só pulsa e em mim causa dor e solidão.

Um soldado tão ferido, para prosseguir. Nesse lugar, pra mim nada restou por isso só deixem-me aqui.

Toquem o clarim e já nem me importo tanto. Perdi a fé em mim e eu já não sou capaz. Sem uma luz, eu temo me perder na escuridão. Eu agora vou ficar aqui preso ao chão.

Mas pelo ar, vendo bem de longe, há uma voz que diz: "Não esquece quem tu és". Quem perdido está se encontra na coragem e tenha fé em ti.

!!!Não esqueça quem tu és!!!

Sou um soldado então, pronto para lutar, pra ser livre enfim. Eu sou um soldado, sim.

Este sonho lindo que se foi e esta esperança que esqueci. Foi por medo de perder que eu perdi e em quanto que eu tinha pra dizer, tanta coisa eu calei.

Foi por medo de sofrer que sofri e foi pensando em me guardar, querendo não querer, me dizendo pra esquecer.

Foi pensando só em mim que eu pensei só em você. Foi tentando me afastar e negando este sentimento.

Foi por não querer amar que eu amei............você

É hora de lutar e eu vou correr sobre este luar. Ouça bem e veja bem, eu não pretendo me entregar. Preciso resistir, me libertar, tentar fugir. Tudo bem, não há ninguém para me prender como refém.

Não vá pensar que eu estou acabado. Sim, vou ter cuidado. Não vou desistir, eu não pretendo desistir, não! Se você acha que, eu vou ser domesticado está muito enganado. Não vou desistir, eu não pretendo desistir, não!

Ninguém vai me prender, sou livre.

O que me aconteceu? E que destino será o meu? Porque estou aqui? Num lugar que eu nunca vi. Chegou a hora de lutar, eu vou fugir, eu vou tentar. Escute bem, e veja bem, eu não sou seu, e não sou de ninguém

É então, não vá pensar que eu estou acabado, é, vou ter cuidado. Não vou desistir, eu não pretendo desistir não! E se você acha que eu vou ser domesticado está muito enganado. Não vou desistir, eu não pretendo desistir não!

Ninguém vai me prender, sou livre!

Eu sou livre!

Eu nasci pra viver selvagem e livre pra correr.
Eu nasci na amplidão e no peito trago um jovem coração.

E esse é o meu chão e é o meu lar e é aqui que os meus primeiros passos vou dar.
Nessa terra onde eu nasci tudo aqui me chama.

Sou daqui.


Texto construído com as músicas de Paulo Ricardo, Carlos Costa e alguns interpretes indeterminados...

Uilame pra vereador...


Se você acha que políco é tudo farinha e num serve pra nada a não ser de estante pra segurar livros...Vote Uilame, o home do povo do metal...
Ae discurso espetacular do cara, só pros mais esclarecidos...

Meu nome é Uilame, home, sou filial do PMA - Partido do Metaleiro Autodidata, ta ligado? O meu número é 123456 tal na vea, beleza?

Bom, quem me conhece sabe que eu sou engajado com as reformas. Se eu for eleito eu vou reformar todas as casas de show de metal da cidade, tá ligado? E além disso, se esse home votar em mim, eu também prometo um show do Blood Avenger uma vez por ano na cidade.

Prometo estabelecer uma multa pra cada show de forró e pagode que for denunciado. Aonde o dinheiro da multa iria pras famílias dos metaleiros que tiveram tendinite e tiveram que para de tocar, ta ligado?

Eu também prometo fundar a primeira escola do autodidata do Brasil. Onde os guitarristas aprenderiam todas as técnicas e teorias sobre como estudar sozinho, tá ligado?

Prometo também uma radio onde vai rolar metal o dia inteiro pra quem quer acordar e dormir tranqüilo ao som do seu metal favorito.

Também vou fazer uma lei que garanta ao metaleiro de poder ir trabalhar usando camisa de algodão preta todo dia.

E meu compromisso não é só com os metaleiros é também com esse home que curte Hard Rock e até mermo Rock n Roll, tá ligado? Home, eu até contratei uma banda de clichê Pop Rock pra fazer o jingle que é pra ganhar o povão. Porque se eu tocasse talvez só os mais esclarecidos do troo da guitarra achasse espetacular.

Resumindo, contra forró e pagode e a favor do estabelecimento do metal como patrimônio de cultura oficial da nossa cidade, vote Uilame, home...vote 123456 tal na vea.

Uilame, uma lenda...

Uílame Gutembergue, idade suficiente para pentelhar todo mundo, brasileiro, potiguar de Natal em Rio Grande do Norte, é guitarrista autodidata e fã incondicional do Blood Avenger, além de ser egocêntrico, perturbado, fanático, também é desprovido de qualquer bom senso, ome! Uilame apresenta resistência fora do comum à lesões, perfurações de armas cortantes e projéteis oriundos de armas de fogo.
Seu estilo musical favorito é Doom metal, Dark metal, Progressive metal, White metal, Trash metal, Death metal, Boy metal, Aluminium metal, Iron metal. Suas três bandas favoritas são Blood Avenger, Blood Avenger e... Blood Avenger respectivamente.

Dado a palavra a Uilame pra falar dele mesmo, mas por intuito ele fala em 3ª pessoa...
Esse cara é tão fodão que já usaram cordas de guitarra e chá quente contra Uilame. WS-DS é a guitarra favorita de Uilame.

Certa vez, Uilame foi chamado pra fazer um teste para entrar numa banda e ele não levou palheta e nem correia. Wóshitô é o nome do primo mais novo de Uilame. Já levou uma loja de cd à falência e a sua vó frequenta raves e mora com ele e sua mãe.

Foram dados 33 tiros em Uilame. Ele já quebrou a janela da namorada para tocar uma música onde o objetivo final era apenas ver as baquetas que ela pegou do baterista do blood avenger.

Ele já tomou um tiro do Divino, dentro de uma igreja por irritar aqueles que ficavam de cabeça baixa, de olhos fechados e até chorando enquanto o padre fazia seu discurso. Ele já quis ensaiar sua banda, o Mod Avenger dentro da Igreja, pois lá tem uma decoração duns bói nu tocando harpa, e o lugar dá altos revérbio.

O guitarrista do Blood Avenger não se lembra da parte depois dos arpejos do blurururublurublurururu da música Far away from the lan house e Uílame sabe tocar "The Demon Inside of Me".
(O que tem a ver?)

O seu primo Wóshitô conversou com Louro Tempest, vocalista do Blood Avenger, e aproveitou para avisar quando Uílame está na cidade para saber se eles vão ou não fazer show lá, e de quebra, ganhou uma WS-DS por isso. Dá pra acreditar?

Uílame sabe a onomatopéia de bend? De acordo com ele, faih ÍÍN ÍÍN ÍÍN, mas ele não tá sabendo fazer.

Agora com algumas curiosidadezinhas básicas de acordo com o Uilame. Já chamaram Blood Avenger de Power Rangers, Beatles é Rock Pesado, um hard rock assim de leve inda dá pra aturar, aquele homi do pedal de overdrive tá lá no banheiro todo ca... lado, Deus é um anjo anão, ele fala esquisito, o nick do Orgút do Uílame é Gavand, isso significa Guitarrista Autodidata Virtuoso Ainda não Descoberto, Uílame tem um vizinho autista, ele faz um lick todo true e o Oziel vem com esse clichê pop rock, Cipriano da Moura é o nome do professor que Uílame teve apenas uma aula, o cabo do ampi é curto, existe um formato de música chamado Banana, o tollete perfeito é o único, encorpado, bóia e não deixa rastro de badaioca no ânus de seu feitor, isso saiu na primeira demo do blood avenger que só teve cinco cópias em todo o mundo, isso saiu num picolé underground que vende na rua do uílame, papai noel não se lembra do pedido de uílame, Só consegue vender se apelar pra sexualidade e a banalização feminina, pois esses homi fique sabendo que o trabalho humorístico sem pornografia pode dar muito mais fruto que esse simbolismo utópico de meta prazer fútil que esses homi tão oferecendo, tá ligado? Na hora chega a dar um arrepio aqui ó, entra a guitarra e a bateria, tchum tchum, tchutchurururu péém! Eu quase num peguei a palheta que o sô me jogou, mas eu chutei a cabeça da doidinha e consegui pegar, eu fiquei sozinho/meus amigo, tudo some!!

I fly, alone in the sky/my ass, has burn'd/foreveeer! Uílame gostaria de levar seu tradutor pessoal para as fera de metal, ele falou payday. Uílame nunca tinha experimentado não, mas aí um dia ele falou pra mãe dele que ia no show do Blood avenger, quando na verdade foi na casa de seus amigos, que estavam todos viajando, naquela loucura, e que foi massa demais aquela tarde jogando RPG. Uílame foi esbofeteado até a morte por um açougueiro chamado bucho.

A fundação do Elefantinho Tonelada diz que ele está com fome. Se você adivinhar quantas bolas de gude cabe dentro desta camisinha, você... TU TU TU TU e se você não comprar trinta cartões da operadora Olá, nós vamos violar o garoto.

Uílame não tem filhos, e ainda fala que violar é mau demais, homi. Se fosse guitarrar, ainda ia. Uílame foi vítima da queda de um piano em cima de sua cabeça, seguido de um atropelamento por uma manada de elefantes que fugiam de abelhas africanas que também o aproveitaram e o picaram em 32 lugares do corpo.

Que o pior foi o que aconteceu depois: um dejeto espacial da nasa colidiu com um prédio que estava na sua frente e que caiu inteiramente sobre ele?


Link do vídeo de Uilame falando um pouco de sua vida... = http://www.youtube.com/watch?v=HsNiDMa8wdI

...Espinhas e Chifres...


Dia 12 de junho - Dia dos namorados.

Acho que essa data, como disse um velho amigo meu, foi uma data inventada pelas indústrias de cartões e de chocolates pra vender mais.
Sei lá, mas acho que essa data veio pra alegra alguns e enraivecer outros. Primeiramente temos que ver a verdade entre se estar com a pessoa amada e deixar a cara dela cheia de espinhas. É algo tão triste de se fazer com a mina.
Porque que não pode existir o dia da raiva? Acho que é porque ia cair na mesma data. Uma sugestão boa seria o dia do chifre... Pense no animo do broto quando você chega e entrega a ela um cartãozinho com os dizer “Amor, te pus galho, com carinho Zé da Silva”. Cara isso é romântico de mais.
Talvez até mais do que quando você tem 12 anos e a meninazinha que você gosta chega e diz que linda blusa você está usando e você usa a mesma camisa todo dia. Certo que fica um cheiro de limão azedo, mas é romântico mesmo assim. Lembrando também que eu costumava usar loção pós-barba antes de ir ao colégio, eu tinha 15 anos e me achava o cara, ela usava colônia e a gente se cheirava.
Era tão massa ser suspenso por se agarrar no corredor do colégio. Se bem que eu nunca entendi o por que daquilo ser errado. Só porque o colégio era de freiras? Nada a ver...
Certa vez um cara me contou que uma vez a namorada dele foi ver o jogo de futebol dele e o infame resolveu pedir ela em casamento pelo auto-falante. Ela aceitou, mas no dia seguinte disse que não rejeitou na lata dele porque tava todo mundo olhando. Eu ri tanto desse pobe. Hoje ele faz tratamento psiquiátrico pra curar esse trauma e mesmo eu dizendo a ele que mulher é o cão (igual a uma certa menina ali, que sei que vai se revoltar quando ler isso) ele não sai dessa.
Pois é minha gente. Por isso vos desejo nesse dia lindo, muitos beijos, muitos galhos e muitas espinhas... Sejam feliz... e sigam o conselho do magrão...ahhh

Por aquela noite na escada que sei que você não quer lembrar...

Oh tristeza que recobre a terra
Bem, durou por um tempo
Oh terra, ore por mim...
Pague meus pensamentos pelo o que eles valem
Eu tenho agido como uma criança
E sua opinião, o que me importa?
É só mais um diferente ponto de vista...

O que mais, o que mais posso fazer?
Eu pedi perdão, sim, perdão...
Eu pedi perdão, mas para que?
Pois se eu te machucar, então eu sei que irei me odiar
E eu não quero me odiar,
E muito menos te machucar
Por que você escolheu sua dor, se você sabia o quanto eu te queria?

Bem, eu já não serei o seu inverno
E eu não serei a desculpa para alguém chorar
E um dia nós poderemos até ser perdoados
E eu estarei aqui

Fotos velhas na estante
Bem, tem estado lá há algum tempo
Uma imagem congelada de nós dois
Nós estávamos agindo mesmo como crianças
Inocêntes em um transe
Uma dança que durou por um tempo
Leia meus olhos como um diário
Oh, lembre-se, por favor, lembre-se
Bem, eu não sou um mendigo, mas mais uma vez
Se eu te machucar, então eu irei me odiar
E eu não quero me odiar,
Tão pouco quero te machucar
Mas por que você escolheu sua dor, se você sabia o quanto eu gostava de você?

Bem, eu já não serei o seu inverno
E eu não serei a desculpa para mais ninguém chorar
E um dia nós poderemos até ser perdoados
E eu estarei aqui...

>Versão modificada da música Your Winter do Sister Hazel...

Sobre os tempos de ler pouco e dize muito...

Vasculhando aqueles anos, caras legais nunca tinham vez.
Num cabo elétrico logo acima da rua
Eu e você nos encontrávamos.
Besouros ricocheteavam como pedras.
Com os faróis apontados pro amanhecer
Estávamos certos de que nunca veríamos um fim praquilo tudo.
E eu nem me importava de me livrar daquela velha blusa azul.
E nós nem sabiamos
Onde nossos ossos iriam descansr.
Virariam pó, suponho.
Esquecidos e absorvidos pela terra.
Sacaneávamos os ociosos e entediados.
Eles nem tinham certeza do que nós tínhamos guardado.
A Cidade-Morfina cobrava taxas
Pra ver que nem nos importávamos, de tão cansados que estávamos.
Sentíamos a influência na terra das milhares de culpas.
E do cimento derramado, lamentado e afirmado.
Nos faróis e cidades da Terra.
Mais rápido do que a velocidade do som,
Mais rápido do que pensávamos que iríamos.
Cobertos pelo som da esperança.
Justine nunca conheceu regras,
Se Uniu aos Dementes e Doentios.
Desculpas nem precisavam ser pedidas,
Te conhecia melhor do que você fingia achar
Pra notar, que nós nem nos importávamos de nos livrar daquela velha blusa azul.
A rua intensificava a importância de ecoar.
Como dava pra ver não havia ninguém por perto.

Texto baseado na música 1979 do Smashing Pumpkins...

Aqueles tempos...

Eu sempre quis escrever sobre como o tempo passa rápido e não nos deixa escolha... a não ser crescer...
Por muito tempo eu duvidei que o tempo fosse me mudar, mas depois que a oitava série terminou, vi que a minha própria mente estava mudando, mesmo sem eu querer.
Não consigo dizer se eu evolui, pois eu queria as mesmas coisas que queria aquela época. Brincar e curtir tudo de cada vez...

Quando eu paro pra prestar atenção, vejo que naquele tempo tudo era mais fácil...
Era só fazer prova e passar na recuperação.
Matar aula era divertido... hoje isso nem faz sentido...

Costumava lembrar de uma velha frase que vi em um filme meio estranho que dizia mais ou menos assim: “Mundos além deste mundo, tempos além deste tempo. É muita coisa pra gente se preocupar quando temos grandalhões a enfrentar e meninas a conhecer”, é mais ou menos isso.

Certa vez, voltei ao colégio, uns cinco anos depois. É engraçado que a escola sempre parece menor depois que a gente se forma.
Lembro que eu desci aquela velha escada dos fundos, olhei pra cima e lembrei que foi ali onde tudo começou. Já fazia treze anos e as vezes ainda parece que eu não esqueci de nada, mas também eu não consigo lembrar de tudo.
Como é que se esquece? Como é que tudo iria voltar ao normal, quando tanta coisa aconteceu...
Eu penso em quanto o meu mundo mudou. Quando eu achei que iria durar pra sempre.

Você se recorda do rosto da sua primeira namorada? E das promessas feitas aos seus amigos e para seus inimigos? Você se lembra dos melhores momentos da sua vida? Ou mesmo dos maus?

“A cada dia que passa as coisas ficam piores. Não as coisas novas; as coisas antigas - até aquele cara mala da sua antiga turma do ensino médio, que você simplesmente não suportava, hoje é um sujeito digno de saudade... Viver é mais intensa expressão de esquisitice; ou talvez, com o passar dos anos, a ironia esteja fora de moda... “


Obs.: A ultima frase peguei de um cara que não lembro o nome no orkut...

A verdade das Almas e um pouco de cultura...

Se tua Alma sorri quando se banha à luz do sol de Tua vida; se tua Alma canta dentro de sua crisálida de carne e matéria; se tua Alma chora dentro de seu castelo de ilusão; se tua Alma luta para romper o fio de prata que te cinge ao mestre; fica sabendo que tua Alma é da Terra.

- Helena P. Blavatsky...

Tudo muda,
Tudo aparece e desaparece,
Somente haverá perfeita tranqüilidade,
Quando se transencer a vida e a morte.

- Demônio falando a um homem de mente perturbada em uma Parábola budista...

Breves Existências...

Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupar em entender viver ultrapassa qualquer entendimento. Me pergunta se pedras estarão no caminho? Te respondo que eu as guardo todas e que um dia vou construir um castelo...
Lembre-se que não alcançamos a liberdade buscando a liberdade, mas sim a verdade. Há duas épocas na vida, infância e velhice, em que a felicidade está em uma caixa de bombons. Não sei...se a vida é curta ou longa demais para nós, mas sei que nada do vivemos tem sentindo, se não tocarmos o coração das pessoas.
Precisamos de máquinas, mas mais que de máquinas, precisamos de humanidade. O amor é a força mais abstrata, e também a mais potente, que há no mundo e que para lidar com o sofrimento é preciso perceber que ele faz parte da nossa vida. É triste pensar que a natureza fala e que o gênero humano não a ouve e que o mundo não está ameaçado pelas pessoas más, e sim por aquelas que permitem a maldade.
Há sempre alguma loucura no amor, mas há sempre um pouco de razão na loucura. Nunca estamos mais longe de nossos sonhos do que quando imaginamos possuir o que desejamos. A pessoa certa é a que está ao seu lado nos momentos incertos.
Se eu conhecesse a causa da minha ignorância, seria um sábio e que embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, todos podem começar agora e fazer um novo fim!

Texto construído a partir de fragmentos de:
- Clarice Lispector
- Fernando Pessoa
- Leon Tolstoi
- Carlos Drummond
- Cora Coralina
- Charlie Chaplin
- Mahatma Gandhi
- Dalai Lama
- Vitor Hugo
- Albert Einstein
- Nietzsche
- Iohann Goethe
- Pablo Neruda
- Kahlil Gibran
- Francisco Cândido Xavier

G+

Mostruário...

Qualquer Coisa © 2008. Blog design by Randomness