Um P.S. qualquer...

Respire em mim... fundo,

Para que eu respire... e viva.

E me abrace apertado para eu dormir

Suavemente segura por tudo que você dá.


Venha me beijar, vento, e tire meu fôlego

Até que você e eu sejamos um só,

E dançaremos entre os túmulos

Até que toda a morte se vá.


E ninguém sabe que existimos

Nos braços um do outro,

A não ser Aquele que soprou o hálito

Que me esconde livre do mal


Venha me beijar, vento, e tire meu fôlego

Até que você e eu sejamos um só,

E dançaremos entre os túmulos

Até que toda a morte se vá.



Ae gente, desculpa a demora... ficar sem net é horrível e ficar sem tempo é ainda pior. Bem, hoje vim lhes trazer este poema encontrado no livro A Cabana de Willian P. Young. De Missy a Mack...


P.S. Eu não morri, ok... ahah

G+

Mostruário...

Qualquer Coisa © 2008. Blog design by Randomness