A você, com carinho...

E mais um ano se encerra... Mais um período termina... Mais uma etapa chega ao fim e mais uma temporada vê os créditos subirem... Alguns irão ver seus nomes estampados no Cast, outros na área de coadjuvante, mas nunca se esqueçam de que nós somos personagens principais em nossa própria senda pessoal, assim já dizia Paulo Coelho...

Neste período de mudanças e atenções vim aqui para agradecer a todos os amigos que fizeram deste ano, e dos que já passaram, melhor e pior do que 2010... Gostaria de por em palavras o que apenas a musica consegue descrever, mas tentarei, aceitando as falhas, transcrever o quão importante são para mim e o carinho que tenho por casa um...

Gostaria de agradecer aos velhos companheiros de blog... A sempre plugada e compartilhadora de frases e pensamentos, Bia Monteiro, do Permita-se... A Josy Tortaro, que recebeu bons elogios com o lançamento do primeiro volume da série Os 4Elementos, Marcado a Fogo, que surgiu no meu Twitter este ano, mas que me acompanhou em diversos diálogos ao lado da amiga de longas caminhadas Sheila Mendonça que vem recebendo elogios merecidos pela publicação do Cabra Cega...

A excêntrica e sempre ocupada Laah, do Killer Doll, quem nos abandona a cada temporada, mas que sempre volta para me fazer companhia naquela velha calçada... As desertoras Teena, do Mandioquices; A minha Doce Guria e eterna apaixonada, Claudia Porto; a Jessica Yishay, do About Many Thing, e a amiga que, infelizmente, passou por situações chatas nesses últimos anos e que por mais que não tenha voltado à blogosfera será sempre lembrada, a estilista Lena Rocha...

Gostaria de agradecer aos velhos companheiros de calçada... Ao sempre louco e cheio de idéias Ítalo Dulac, ao sempre presente e companheiro de noites tempestuosas Vih Sales, ao sempre esquecido Davi Borges, a Benevaldo pelas manhãs em Inglês, a sempre louca menina de botas Joy, a minha sócia e companheira de lembranças eternas Priscila Kelly, a eterna PK, a Drika pelas tardes de cinema e escritos em paredes, a Máxima por nome e importância tão forte quanto o seu caráter e a baixinha de sorriso sereno que sempre me ouve xiar Tati...

A seguidora de sonhos Suh, ao soldado viajante Wyllyan, as gêmeas nada parecidas Lidy e Driny, ao baterista Ticiano, ao lorão de moto alta Wagner, ao casado Viny, ao casal de passado similar e grau de importância em minha vida Josie e Dennis, a ruivona Déborah, ao meu grande companheiro de jornadas Luiz Carlos, ao camucinense Paulo José, a Bekão pelas eternas Últimas Partidas de Bilhar, a escandalosa Lili e aspirante a Maysa Iany Elizabeth, a Jimmy Laine pelas incontáveis manhãs no Anexo, aos eternos companheiros de caminho, da escola para casa...

Aos velhos companheiros de estúdio... Ao poeta de boina Didio, ao tecladista hawaiano LP e as eternas amigas de longas caminhadas noturnas Manuela e Bella... A nova cidade que me acolheu, a Lays, Clene, Diana e o pequeno Tiago, sem deixar de lado as suas famílias acolhedoras... As sutis almas encontradas no frio de uma pequena cidade serrana, Katar e Maicon... Aos amigos de infância, por todas as confusões, discussões, abraços e champanhe derramado, Maik, Wescley, Alex, Nildo e Augusto e sem esquecer dos momentos divergentes com Jack e as pentatônicas menores...

Aos amigos da família Clebs e Ariane, ao meu companheiro de idas e vindas da faculdade, Lucivam, que recentemente defendeu a monografia... Aos debates de cozinha, Dna Valda, Val, Genir e a todos que raras vezes aparecem... A minha queria mãe que me suporta 10 minutos de cada vez, Osmarina, ao homem que me trouxe até aqui e que me ensinou o real sentido da palavra caráter, meu pai Odélio, a minha irmã turista, Vânia, aos eternos linguarudos Edwirgens I, Edwirgens II, Don Juana, Courtney, Gata Festeira, Tapete e Sombra...

E a minha eterna bairrista de cabelos escuros Aline Mendes pelas mãos dadas e sonhos eternos a quem sempre vou agradecer por ter me salvado de mim mesmo... A gente não tem quase nada a ver, mas o que tem a ver... vale por tudo...

E a todos que devo, por ventura, ter esquecido... Meus eternos agradecimentos... Paz Inverecial...

6 comentários:

Bia Monteiro | 1 de janeiro de 2012 11:58

Nuuuussss....
Sabe qdo vc lê algo e não consegui conter o sorriso,
Mas akele sorrisão de orelha a orelha q eu tô falando...
Entaum... foi eu, lendo vc...
Que neste ano findo, seja via blog, twitter, face ou qualquer outro lugar...
Sempre esteve presente, dando força e motivação aos meus escritos...
Obrigada pela compania e por todas as palavras...
Que esse 2012 possamos continuar com esse carinho e atenção mutuo...
Tudo de melhor pra ti e pros seus...
Paz e bem querido!!!
Bjin
=)

Aaahhhh... e PERMITA-SE!!!! hehe

Yishay | 1 de janeiro de 2012 11:59

lindo lindo lindo obg!

Aline Mendes | 1 de janeiro de 2012 12:25

Eiii não sou bairrista... ahaah
Amei meu baixinho que não tem quase nada a ver comigo, mas o que tem a ver vale por tudoo!!

Beijão e que 2012 seja maravilhoso!!

*-* S2 ^^

Te adoruu gurii!!!

Maxi | 1 de janeiro de 2012 13:04

:l

She | 1 de janeiro de 2012 18:33

Uebaaaaaaaaaa! Ahhhhhh que fofo! É mesmo, já seguimos nessa estrada juntos faz um tempinho... hehe Adorei! Meu querido te desejo tudo de maravilhoso nesse ano que acaba de começar! Beijo, beijooooo!
She

Josie | 2 de janeiro de 2012 09:34

Com Carinho ao Meu eterno Princeso. Obrigada pela amizade sincera . Je t'aime .

Postar um comentário

G+

Mostruário...

Qualquer Coisa © 2008. Blog design by Randomness