Story of a Lonely Girl


Muito tempo longe de casa, ela já não tem mais a ilusão, sobre qualquer lugar.
Vai voltando pela mesma estrada em que um dia seu coração, palpitou ao passar.
Logo depois que a curva se abriu lembrou que tentou fugir daquela garota tão cheia de solidão que era há anos atrás.
Acordou quando alguém lhe sorriu a convidando a sair.
A mesma garota pisando naquele chão onde aprendeu a andar.
Cada coisa evoca uma história, até porque quase nada mudou e é difícil esquecer.
Lojas, ruas, becos e bares, alegrias, decepção. Tudo que a viu crescer.
Quase tudo que a viu partir ainda estava ali. O primeiro Amor, a primeira contradição e o medo de chorar.
Ninguém acenou ou lhe sorriu, seu ventre havia crescido.
Aquela garota pisando naquele chão onde aprendeu a andar
Está parada na porta de casa, em seu peito, uma interrogação. Só entrando pra saber.

Obs.: Música Onde aprendeu a andar, da banda Cascadura... Em homenagem a uma pessoa que atravessou segundos e lugares inusitados para estar onde está e ser quem é hoje...

0 comentários:

Postar um comentário

G+

Mostruário...

Qualquer Coisa © 2008. Blog design by Randomness