Molde O Seu Dia...

Levantei cedo para pensar;

No que tenho que fazer... Antes que o relógio marque meia-noite, posso escolher que dia vou ter hoje... Um dia entediante ou um dia feliz... Posso reclamar da mesma refeição de sempre ou ser grato por ter o que comer... Posso reclamar do preço alto da gasolina ou agradecer por ter um meio de transporte... Posso reclamar que esta chovendo ou ficar feliz, pois ela leva a poluição... Posso reclamar por não ter tanto dinheiro ou me sentir encorajado para administrar o que tenho... Posso reclamar por trabalhar tanto ou ser grato por ter um emprego... Posso estar fadigado pelas muitas escaladas ou estar satisfeito por chegar no topo... Posso estar me sentindo cansado da vida ou então, dar graças a Deus por estar vivo... Posso reclamar por não ter ganhado tudo que queria dos meus pais ou agradecer por eles terem me dado a vida... Posso me queixar por estar sozinho nessa vida ou me motivar para ir em busca de um novo amor... Posso lamentar decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de novas amizades... Posso me sentir estressado com tudo ou apenas acreditar que tudo dará certo... Posso olhar no espelho e procurar defeitos em mim mesmo ou apenas enxergar o que tenho de melhor... O dia esta na minha frente, esperando pelas minhas mudanças...

Eu sou o escultor que pode moldá-lo, tudo depende só de mim!

Eu posso escolher o dia que vou ter hoje...

Então, molde o seu hoje...


Obs.: Texto de Charles Chaplin, Molde O Seu Dia... Pois é o inicio do caminho para que a vida tome o seu rumo de forma sincera...

2 comentários:

Marcela Alves | 8 de novembro de 2011 11:53

Há se todos pensassem assim, o mundo seria um pouquinho melhor..

beeijos Kim.. Saudades.. ;p

Leandro Xavier | 8 de novembro de 2011 23:09

Muitas das vezes esquecemos de olhar a vida ou os nossos problemas(que achamos que são problemas) desse ponto de vista. Como dizia um hip noutro dia, deixemos de negatividade...hahah...

Postar um comentário

G+

Mostruário...

Qualquer Coisa © 2008. Blog design by Randomness