Encontrei esta noite, fuçando redes sociais, as palavras do escritor Luís Fernando Veríssimo, filho de Érico Veríssimo, que fala das Dez Coisas que Levei Anos Para Aprender , vim aqui dar umas pequenas ressalvas ao assunto e não foi por acaso que me identifiquei com algumas dessas coisas, talvez até mais inspiradoras que Filtro Solar.

Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom, não pode ser uma boa pessoa. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.

Ninguém liga se você não sabe dançar, então levanta e dança. A força mais destrutiva do universo é a fofoca. Não confunda nunca sua carreira com sua vida. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite, pode ser perigoso.

Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu, e nunca atingirá, todo o seu potencial, essa palavra seria reuniões. Há uma linha muito tênue entre hobby e doença mental. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito e nunca tenha medo de tentar algo novo... Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic...

0 comentários:

Postar um comentário

G+

Mostruário...

Qualquer Coisa © 2008. Blog design by Randomness